13 TRATAMENTOS AYURVÉDICOS

13 TRATAMENTOS AYURVÉDICOS


13 TRATAMENTOS AYURVÉDICOS

O ayurveda reconhece um universo em cada um de nós. Por isso, propõe alternativas de tratamentos conforme o perfil de cada pessoa. Conheça estas técnicas indianas capazes de restaurar a saúde (e a beleza!) e garantir uma vida mais harmoniosa

 

Texto • Erica Ticiani 
 

Para o milenar ayurveda, cuidar do corpo não é apenas uma maneira de garantir a beleza estética. É, acima de tudo, um caminho certo para garantir a saúde física, mental e espiritual. Dessa forma, a tradicional medicina indiana propõe uma série de tratamentos que vão desde hábitos simples e intuitivos (como respirar corretamente, massagens, uso de ervas, dietas e exercícios físicos) até desintoxicações mais profundas  mas tudo vai depender do paciente. Isso porque, segundo essa filosofia, cada indivíduo possui uma constituição única, determinada pelo equilíbrio e desequilíbrio das três energias vitais: vata, pitta e kapha. O excesso ou a deficiência dessas características gera alterações patológicas no corpo físico.

Como opção para a busca por saúde, beleza e bem-estar, existem os spas ayurvédicos, que aplicam técnicas para restaurar o equilíbrio energético. O especialista em medicina ayurveda Dr. Bokkula Reddy destaca a importância da avaliação inicial. “O ayurveda é a ciência da vida e pode ser aplicado em todo mundo. Para escolher a técnica adequada, o profissional vai levar em conta os perfis psicológico, físico e metabólico de cada pessoa”, diz.

O atendimento ayurvédico inicial inclui questionários e uma avaliação física cuidadosa (com exames de pele, cabelo, unha, olhos etc.) para verificar eventuais sintomas, definir o dosha e os prováveis problemas existentes. A seguir, você confere os principais tratamentos ayurvédicos, conhecidos como Shamana (ou Purva Karmas), que podem ser realizados em forma de tratamento e manutenção, quando prescritos pelo médico, ou aplicados de forma avulsa, para fins de relaxamento e estéticos.

 

ABHYANGA – Aplicação de óleo sobre o corpo aliada a uma relaxante massagem, com estímulos de pontos energéticos chamados marmas. O óleo é aplicado morno e realçado com essências de ervas ou flores apropriadas à tipologia da pessoa. Pode ser realizado a quatro mãos (dois terapeutas) ou a duas mãos (um terapeuta).
 

KATI BASTI – Colocação de ghi medicado semi-aquecido com ervas em um envoltório de cereais ao redor da base da coluna. A mistura é depositada na cavidade que se forma por algum tempo. Terapia ideal para dores lombares e região.
 

NADI SWEDA – Aplicação de vapor medicado direcionado às correntes de energia (nadis).
 

SWEDANA – Banho de vapor aquecido medicado. Um banho de vapor herbário é administrado para abrir os poros, aumentar a circulação sanguínea e limpar o organismo. Sua eficácia é aumentada se realizado após o abhyanga.
 

SHIRODHARA – “Shiro” significa cabeça e “dhara” fluxo de óleo. Assim como o nome, indica um fluxo contínuo de uma mistura medicinal morna à base de óleos vertida sobre a testa durante 20 a 40 minutos. Esse procedimento induz a um estado mental de relaxamento profundo da mente e do corpo, revitalizando o sistema nervoso central. Apresenta melhores resultados quando realizado após o abhyanga.
 

GARSHANA – Estímulo da pele realizado com uma luva de seda pura e pós medicinais herbários seguido de massagem. Esse é um tratamento de ervas indicado especialmente para redução de peso.
 

PIZICHILI – É o mesmo processo do abhyanga, em que um ou dois terapeutas vertem fio de óleo medicado sobre as correntes de energia (nadis) da pessoa. Essa técnica promove o rejuvenescimento e o bem-estar.
 

UDWARTANA – Estímulo da pele realizado com pós medicinais, óleos e massagem. Ideal para redução de peso, essa técnica melhora a qualidade da pele, tonifica os músculos, diminui a flacidez, remove celulite e toxinas do corpo.
 

PINDA SWEDA (NAVARAKIZHI) – Técnica de rejuvenescimento que usa um tipo especial de arroz cozido amarrado em trouxinhas, que são imersas em uma solução de ervas com leite ou óleo morno. As trouxinhas são utilizadas para massagear todo o corpo durante uma hora pelo terapeuta.
 

NETRA BASTI – Consiste na colocação de ghi (manteiga) medicado aquecido com ervas em um envoltório feito de cereais ao redor dos olhos. O ghi medicado é depositado na cavidade que se forma em volta dos olhos e permanece no local durante um período determinado. Indicado para tratamaento de pessoas estressadas e com sinais de cansaço ao redor dos olhos.
 

KARNA PURANA – Consiste na limpeza dos ouvidos por meio de um cone de cera.
 

HRIDI BASTI – Consiste num tratamento para o coração e região, com a colocação de ghi puro ou com ervas, em um envoltório feito de cereais. O ghi medicado é aquecido e colocado na cavidade que se forma e permanece no local durante determinado tempo.
 

SHIRO BASTI – Nesta técnica aplica-se óleo medicado na cabeça. Um recipiente é fixado na cabeça e então é vertido óleo morno dentro desse receptáculo e mantido por algum tempo. Ideal para melhorar o funcionamento dos sentidos.

 

 

O ambiente como aliado

Além da experiência do profissional, é importante que o local seja adequado para a aplicação das terapias. De preferência, o ambiente deve ser calmo e a decoração deve se adequar a cada dosha. Tome nota das condições favoráveis:

Kapha  cores quentes, música suave e decoração com flores e incenso equilibram kapha que, como a água, é úmido, frio, pesado e frio.

Pitta – decoração com estrelas, lua e água, um pouco de sombra, música clássica e cores suaves devem harmonizar pitta, que tem como elemento o fogo.

Vata  móveis pesados, músicas agudas e cores variadas suavizam vata, que à semelhança do vento provoca instabilidade e agitação.

 Fonte: Triada.com.br

 

FONTES:

Dr. Bokkula Reddy – especialista em medicina ayurvédica.

Erick Schulz – diretor do Naradeva Chala, Instituto Védico, Terapêutico e Cultural.