ASANAS PARA AUMENTAR A IMUNIDADE

ASANAS PARA AUMENTAR A IMUNIDADE

ASANAS PARA AUMENTAR A IMUNIDADE

Com a correria do dia a dia, manter a saúde exige um grande esforço do seu organismo. Para dar uma mãozinha ao seu sistema imunológico, aposte nestes asanas

 

Texto • Thiago Perin

Dhanurasana (postura do arco)

1 – Deite-se de barriga para baixo, mantendo suas mãos ao lado do tronco e as palmas para cima.

2 – Expire e dobre seus joelhos, levando os calcanhares o mais perto possível dos quadris. Agarre e segure seus tornozelos com as mãos.

3 – Inspire e levante os tornozelos, afastando-os dos quadris. Ao mesmo tempo, levante suas coxas, afastando-as do chão.

4 – Pressione os ossos do quadril contra o solo e mantenha seus músculos traseiros relaxados.

5 – À medida que for levantando os tornozelos e as coxas, empurre seus ombros firmemente de encontro ao quadril e puxe-os para longe das orelhas. Sua cabeça aponta para frente.

6 – Permaneça na posição de 20 a 30 segundos.

 

Viparita Karani (postura invertida)

1 – Deite-se de costas, com as pernas paralelas e estendidas para frente. Seus braços devem ficar esticados ao lado do corpo, e as palmas das mãos voltadas para o chão.

2 – Inspirando, eleve gentilmente as pernas, que continuam estendidas, tirando os quadris do solo.

3 – Caso sinta necessidade, você pode, à medida que faz isso, dar suporte à região lombar apoiando as mãos na altura dos rins.

4 – Certifique-se de que suas pernas estejam em um ângulo de 90 graus em relação ao corpo.

5 – Erga as pernas com delicadeza, evitando dar impulsos e forçar demais a coluna.

6 – Mantenha a posição por 30 segundos.

 

Bhujangasana (postura da cobra)

1 – Deite-se de barriga para baixo e estique suas pernas para trás, com os peitos dos pés apoiados no chão. Apoie também as mãos no solo, mantendo os braços na linha dos ombros.

2 – Aproxime os cotovelos do corpo e pressione os peitos dos pés e o púbis firmemente ao chão.

3 – Inspire e, gradualmente, comece a estender os braços para levantar o peito do chão, mas sem mover a metade inferior do corpo.

4 – Pressione o cóccix na direção do púbis que, por sua vez, deve ser pressionado em direção à cintura.

5 – Contraia as nádegas, mas sem enrijecê-las, e então empurre ao máximo o peito para cima, levando a cabeça para trás.

6 – Fique nessa postura de 15 a 30 segundos.
 

Vale a pena saber

A seleção que você vê aqui foi elaborada pelo professor Glauco Tavares, diretor do Núcleo de Yoga Shivalaya, em São Paulo. Ele explica que esses asanas estimulam a glândula timo, que é responsável pela manutenção do sistema imunológico.

Quer ir além? Investir em poses meditativas também ajuda a fortalecer a imunidade do organismo. A dica é adicionar à sua série 15 minutos em Padmasana, a postura de lótus.

Fonte: Triada.com.br