CHICO XAVIER MANDOU MENSAGENS DO ALÉM?

CHICO XAVIER MANDOU MENSAGENS DO ALÉM?

CHICO XAVIER MANDOU MENSAGENS DO ALÉM?

Centenas de médiuns afirmam ter recebido mensagens de Chico Xavier, mas seus amigos mais próximos garantem: nenhuma delas contém as senhas confidenciais, deixadas pelo próprio Chico, para confirmar seu retorno

 

Texto • Redação

Anos após a morte de Chico Xavier, milhões de brasileiros aguardam ansiosamente pelo retorno do mestre – não apenas os cerca de 2,3 milhões que se declararam espíritas no último censo do IBGE, mas também os 30 milhões de simpatizantes da doutrina e, ainda, os incontáveis admiradores do religioso mineiro.

O que todos esperam é uma inversão de papéis que parece natural: depois de dedicar uma vida inteira à recepção de mensagens transmitidas por espíritos desencarnados, não seria agora o momento de o maior médium de todos os tempos – e principal figura do espiritismo contemporâneo no Brasil e no mundo – enviar seus próprios recados do lado de lá?

Há quem diga que isso já está acontecendo. De acordo com alguns membros da comunidade espírita, Chico vem se comunicando há alguns anos, por meio de psicografia ou psicofonia, enviando sempre palavras de conforto espiritual, preces e notícias para os conhecidos. No entanto, para aqueles que conviveram intimamente com o médium, nenhuma dessas mensagens pode ser considerada genuína.
 

O código Chico Xavier

O que sustenta a tese de que Chico Xavier ainda não fez nenhum contato do outro plano é o fato de ele próprio ter combinado, algum tempo antes de morrer, um código secreto para que suas mensagens fossem imediatamente reconhecidas por três das pessoas mais próximas a ele. Os escolhidos para guardar esta senha foram Eurípedes Higino dos Reis, seu filho adotivo, Kátia Maria, uma grande amiga, e Eurípedes Tahan Vieira, seu médico particular e também amigo confidente.

Segundo Eurípedes Higino, o objetivo de manter tanto segredo não é criar uma aura de mistério e expectativa em torno de um possível retorno do religioso, mas apenas evitar confusões. “O Chico dizia: ‘depois da minha desencarnação, é possível que apareça muita gente recebendo mensagens atribuídas a mim: diga-lhes que não é minha intenção parar de trabalhar, mas, se puder, como o pessoal costuma dizer, gostaria de dar um tempo...”, conta o filho do médium, que hoje é presidente do Grupo Espírita da Prece, em Uberaba, MG.

Antes do primeiro aniversário da morte do médium, surgiram cerca de cinco ou seis mensagens com a sua assinatura. Quatro anos depois, esse número passou para mais de cem. Hoje, já ultrapassa a marca das duas centenas.Em nenhuma delas, porém, os companheiros de Chico encontraram os sinais combinados. Enquanto isso, a espera por seu verdadeiro regresso continua. E a saudade segue mais viva do que nunca.


 

Bate-papo com o filho de Chico

Saudosas de Chico Xavier, muitas pessoas esperam ansiosas por uma mensagem enviada do outro plano pelo médium. A seguir, seu filho adotivo e presidente do Grupo Espírito da Prece Chico Xavier, Eurípedes Higino dos Reis, opina sobre o assunto.

O senhor acredita que Chico Xavier já enviou alguma mensagem?

Centenas de pessoas afirmam já ter recebido palavras do Chico. Como todo o respeito a quem recebeu estas mensagens, não posso confirmar que nenhuma seja verdadeira. Aliás, tenho certeza de que realmente não são verdadeiras, mesmo porque ele disse que queria dar um tempo para o lápis. Acredito que vai demorar a chegar uma mensagem verdadeira.
 

Como o senhor tem essa certeza?

O Chico deixou uma senha comigo, com a amiga Kátia Maria e com seu médico, Eurípedes Tahan prevendo que isso iria acontecer. Ele mesmo dizia: “depois da minha desencarnação, é possível que apareça muita gente recebendo mensagens atribuídas a mim: diga-lhes que não é minha intenção para de trabalhar, mas, se puder, como o pessoal costuma dizer, gostaria de ficar um tempo afastado da caneta e do papel”.
 

A que o senhor atribui estas mensagens?

São todas pessoas muito sérias. Para mim, é a vontade de receber uma palavra dele, motivada pelo amor sentiam e continuam sentindo pelo médium. Mas o Chico queria mesmo dar um tempo e tinha outras missões. Além disso, ele deixou essas senhas conosco, então, mesmo que as pessoas afirmem que receberam mensagens dele, afirmo que isto vai demorar a acontecer.

Conheça os escolhidos

Veja quem são as três pessoas escolhidas para guardar o código secreto que indicaria uma mensagem realmente enviada por Chico Xavier, do lado de lá.
 

A amiga

Kátia Maria cresceu ao lado do médium, tornou-se sua amiga inseparável, cuidou dele em seus últimos dias e, hoje, é uma das mais fervorosas defensoras de sua memória. Diretora de assistência social da Casa da Prece, Kátia trabalha duro para dar prosseguimento às obras do mestre, auxiliando os mais necessitados. Além disso, foi uma das responsáveis pela criação de um museu que leva o nome de Chico Xavier, instalado na antiga casa do religioso.
 

O filho

Mais do que um filho adotivo, Eurípedes Higino dos Reis foi o grande companheiro de Chico Xavier. Adotado pelo médium quando ainda era criança, recebeu dele uma criação exemplar. Na fase adulta, retribuiu tanta dedicação cuidando do pai até o fim de sua vida. Segundo ele, Chico lhe explicou que a ligação entre os dois vinha de outras vidas. Hoje, Eurípedes é presidente do Grupo Espírita da Prece e luta para dar continuidade ao trabalho de seu pai.
 

O médico

Dr. Eurípedes Tahan Vieira, médico e amigo sempre presente na vida de Chico, acompanhou de perto sua trajetória por quase 30 anos. Depois de tantas décadas de amizade, foi ele que examinou o corpo do médium após o desencarne e declarou que ele havia sofrido uma parada cardíaca “sem sofrimento, sem dor e sem nenhum aviso prévio”. Atualmente, Tahan atende a população carente de Uberaba em um consultório médico popular do Grupo Espírita da Prece.

Fonte: Triada.com.br