COMO INTERPRETAR UM MAPA ASTRAL

COMO INTERPRETAR UM MAPA ASTRAL

COMO INTERPRETAR UM MAPA ASTRAL

Para exemplificar, pedimos para a astróloga Divani Terçarolli fazer uma interpretação detalhada do mapa astral de Elis Regina. Descubra como funciona a lógica da leitura de mapas e acerte no entendimento do seu!

 

Texto • Redação

Elis Regina

Data de nascimento: 17 de março de 1945
Local: Porto Alegre (RS)
Horário: 14h10

Casa 1

A casa 1 revela que o ascendente de Elis é Câncer, o que explica sua personalidade sensível, inspirada, afetuosa e, de certa forma, inconstante. Pode-se concluir também que a família era um setor muito importante para a cantora. A presença de Saturno nesta casa sinaliza, no entanto, que expressar a afetividade era algo um pouco difícil para Elis. Ou seja, apesar de ser emotiva, pela influência de Câncer, Elis reprimia seus sentimentos, devido à energia mais séria e restritiva de Saturno.
 

Casa 2

A energia do signo de Leão na casa dos valores indica que Elis tinha apreço pela beleza, pelo luxo, pela arte. A casa 2 também traz informações de como a pessoa se alimenta. Então, o mapa leva a crer que Elis se sentia melhor em ambientes luxuosos. Perceba que o planeta regente desta casa, Plutão, encontra-se na casa 5, que é a casa da criatividade, um indício de que Elis ganhava dinheiro usando a criatividade, ou seja, com sua arte. Já o Sol, que é o governante da casa 2, encontra-se na casa 9, a casa das viagens. Isto informa que suas viagens eram sempre lucrativas.
 

Casa 3

Casa associada com os irmãos e com a comunicação. Virgem na casa 3 indica que Elis era uma pessoa bastante crítica nas palavras que usava, até mesmo na relação com os irmãos. Os planetas presentes aqui, Júpiter e Netuno, são regentes da casa 9, a casa das viagens, viagens internacionais principalmente, o que indica que ela viajou bastante a trabalho.
 

Casa 4

A casa 4 está no signo de Libra, um sinal de que Elis veio de um lar equilibrado, em que a figura materna, provavelmente, representava a harmonia e trazia a paz. O planeta que governa a casa 4 é Vênus que, no mapa de Elis, está na casa 10. Como a casa 10 é a casa da profissão, conclui-se que a família, ou a mãe da cantora especialmente, pode ter interferido na escolha de sua profissão.

Casa 5

Veja aqui o signo de Escorpião. Como a casa 5 está relacionada à criatividade e aos filhos, podemos entender que Elis era muito ciumenta e possessiva em relação aos filhos, pois o planeta regente desta casa está na casa 2, a casa das posses. Em relação ao seu lado criativo, Elis era uma pessoa extremamente exigente, que conseguia se impor de forma bastante poderosa e autoritária, tanto que recebeu o apelido de “Pimentinha”, um indicativo deste seu lado mais genioso.
 

Casa 6

A casa 6 é a casa do trabalho e da saúde. Aqui aparece sobre o signo de Sagitário. Ao procurar Júpiter, o regente desta casa, o encontramos na casa 3. Um mapa com estas características aponta que o trabalho desta pessoa está relacionado com a comunicação e que os irmãos poderiam vir a trabalhar junto a ela, o que de fato ocorreu com a Elis. Quanto à saúde, o mapa indica possível nervosismo.
 

Casa 7

A casa dos relacionamentos está no signo de Capricórnio, um signo relacionado a pessoas mais velhas. Observando a biografia de Elis, podemos comprovar sua preferência por homens de mais idade que ela. O planeta que rege a casa 7 é Saturno, que no mapa de Elis está sobre o Ascendente, a casa 1. Isto significa que o casamento era muito importante na vida de Elis e que seu marido talvez pudesse influenciar sua personalidade. 
 

Casa 8

Esta é a casa da morte, da sexualidade, das transformações. A presença de Aquário aqui informa que todos estes assuntos eram encarados por Elis de forma bastante original e rebelde. A presença de Marte na casa 8 indica uma morte violenta ou acidental, já que este planeta governa acontecimentos súbitos e imprevistos. O governante da casa 8 é Urano, que está posicionado na casa 12, a casa do inconsciente, do mistério. Esta combinação explica por que até hoje sua morte não foi completamente esclarecida.

Casa 9

A casa relacionada ao estrangeiro, às viagens, à fé e à religiosidade. Percebemos que esta casa está no signo de Peixes, que também é um signo muito voltado à espiritualidade, ao contato com o Divino. Isto, somado ao fato de o Sol encontrar-se na casa 9, reforça a idéia de que Elis buscava Deus. O Sol em Peixes indica também uma forte inclinação artística, mística e criativa e sinaliza êxito, tanto aqui no Brasil como no exterior. Mercúrio, o governante da casa 3 e da casa 12 está presente aqui na casa 9, indicando rápidas viagens ao exterior e a busca da espiritualidade.
 

Casa 10

Esta é a casa do trabalho e está no signo de Áries, que é marcado pela iniciativa. Com estas informações, entendemos que Elis empenhava toda a sua energia no trabalho. O planeta Vênus assegura o sucesso e a capacidade de agradar às pessoas. É interessante notar que este planeta também governa a casa 11, a casa do reconhecimento profissional, o que garantiu a Elis grande admiração e reconhecimento público.
 

Casa 11

Touro e Lua na casa 11, a casa da amizade e do reconhecimento. Como a Lua está relacionada à popularidade, tem-se a clara indicação de reconhecimento público, bem como de amizades do sexo feminino, o apoio e a proteção de outras mulheres que podem ter aberto caminho para Elis. A Lua governa o Ascendente e sua presença aqui indica que a busca por reconhecimento era a grande motivação da cantora.
 

Casa 12

Note Urano, bem no seu início, na casa das dificuldades e do inconsciente. Este planeta nos leva aos assuntos da casa 8, ou seja, aos mistérios, à busca pela segurança emocional. Isto indica que Elis buscava algumas respostas espirituais no silêncio, no recolhimento.