GOTAS DE SABEDORIA: LIÇÕES ESPÍRITAS

GOTAS DE SABEDORIA: LIÇÕES ESPÍRITAS

GOTAS DE SABEDORIA: LIÇÕES ESPÍRITAS

Espíritos iluminados compartilham conosco algumas importantes lições que aprenderam ao longo de suas evoluções. Acompanhe e inspire-se

 

Texto • Redação

Mais do que apontar caminhos exatos, os espíritos superiores nos ensinam a utilizar nosso livre-arbítrio com uma consciência mais plena e generosa. Assim, por meio da mediunidade, estes seres iluminados se comunicam com as almas encarnadas e transmitem preciosos ensinamentos de como viver em paz semeando o bem. As parábolas e mensagens que seguem nas páginas a seguir são belos exemplos destas palavras engrandecedoras que só têm a contribuir em nossa jornada, seja neste plano ou em existências mais sutis.
 

Livre-arbítrio


 

"Às vezes, nos afligimos, solicitando orientação. Estamos certos ou errados, tomando esse ou aquele caminho? Acaso, devemos fazer desse ou daquele modo aquilo que nos compete? Entretanto, é importante pensar que a Divina Providência colocou tanto senso natural de escolha nas criaturas que a própria mosca sabe onde se encontra o açúcar."

(Ditado pelo espírito Emmanuel)

Nota da coragem


 

Não te afastes da paciência quando as dificuldades se agravem.

Ainda que provações inesperadas te espanquem o coração, conserva a serenidade e segue adiante, agindo e servindo.

Pensa nos que perderam a fé e tropeçaram na violência; medita nos que tombaram em desespero e resvalaram na loucura.

O verbo que te vergasta pode ser enfermidade em forma de insulto e a mão que te golpeia estará provavelmente sob o impulso das trevas.

A coragem não é revidar, nem cair na exibição de poder.

A coragem verdadeira ergue-se da compreensão e da bênção, quando o desequilíbrio tenta assaltar-te.

Em qualquer circunstância, escora-te no esforço de resguardar o bem.

Quando estiveres a ponto de pronunciar qualquer frase irrefletida ou de empreender a mínima ação contra os outros, ora e silencia, porque o céu te ouve e Deus te sustentará.

 

(Ditado pelo espírito Meimei)

Problemas do mundo


 

O mundo está repleto de ouro. Ouro no solo. Ouro no mar. Ouro nos cofres. Mas o ouro não resolve o problema da miséria.

O mundo está repleto de espaço. Espaço nos continentes. Espaço nas cidades. Espaço nos campos. Mas o espaço não resolve o problema da cobiça.

O mundo está repleto de cultura. Cultura no ensino. Cultura na técnica. Cultura na opinião. Mas a cultura da inteligência não resolve o problema do egoísmo.

O mundo está repleto de teorias. Teorias na ciência. Teorias nas escolas filosóficas. Teorias nas religiões. Mas as teorias não resolvem o problema do desespero.

O mundo está repleto de organizações. Organizações administrativas. Organizações econômicas. Organizações sociais. Mas as organizações não resolvem o problema do crime.

Para extinguir a chaga da ignorância, que acalenta a miséria; para dissipar a sombra da cobiça, que gera a ilusão; para exterminar o monstro do egoísmo, que promove a guerra; para anular o verme do desespero, que carreia o infortúnio, o único remédio eficiente é o Evangelho de Jesus no coração humano.

Sejamos, assim, valorosos, estendendo a Doutrina Espírita que coloca o Evangelho na prática, na construção da humanidade Nova, irradiando a influência e a inspiração do Divino Mestre, pela emoção e pela ideia, pela diretriz e pela conduta, pela palavra e pelo exemplo e, imitando o conceito de Allan Kardec, em torno da caridade, proclamemos aos problemas do mundo: “Fora do Cristo não há solução.”.

 

(Ditado pelo espírito Bezerra de Menezes)

10 mandamentos da boa convivência


 

1 – Tenha controle de sua língua. Sempre diga menos do que pensa. Cultive uma voz baixa e suave. A maneira como se fala muitas vezes impressiona muito mais do que aquilo que se fala.

2 – Pense antes de fazer uma promessa. Depois que ela tiver sido feita, não dê importância ao quanto lhe custa.

3 – Nunca deixe passar uma oportunidade para dizer uma coisa meiga e animadora a uma pessoa ou a respeito dela.

4 – Tenha interesse nos outros, em suas ocupações, seu bem-estar, seus lares e famílias. Seja alegre com os que riem e lamente com os que choram. Deixe cada pessoa com quem encontra, sentir que você lhe dispensa importância e atenção.

5 – Seja alegre. Conserve para cima os cantos da boca. Esconda as suas dores, seus desapontamentos e inquietações sob um sorriso. Ria de histórias boas e aprenda a contá-las.

6 – Conserve a mente aberta para todas as questões da discussão. Investigue, mas não argumente. É marca de ser superior... discordar e ainda conservar a amizade.

7 – Deixa as suas virtudes falarem por si mesmo e recuse a falar das faltas e fraquezas dos outros. Desencoraje murmúrios. Faça uma regra de falar coisas boas aos outros.

8 – Tenha cuidado com os sentimentos dos outros. Gracejos e humor não valem a pena e freqüentemente magoam quando menos se espera.

9 – Não faça caso das observações a seu respeito. Só viva de modo que ninguém acredite nelas. Nervosismo e indigestão são causas comuns para maledicência.

10 – Não seja tão ansioso a respeito de seus direitos. Trabalhe, tenha paciência, conserve seu temperamento calmo, esqueça de si mesmo e recebera a sua recompensa.

(Autoria desconhecida)

 

Fonte: Triada.com.br