Magia Negra de São Cipriano Capa de Aço

Magia Negra de São Cipriano Capa de Aço

 

MAGIA DO PÉ DE SAPATO

Para saber quanto tempo ainda resta para se casar, a moça atira um pé de sapato pelas escadas.

Se o bico do sapato ficar para cima, não haverá casamento.

Se a sola ficar para cima, haverá casamento. O número de degraus, contados do alto da escada até ao degrau onde ficou o sapato indicará os meses ou os anos que faltam para a realização do casamento.

 

MAGIA PARA CASAR COM UM RAPAZ RICO

Durante a semana santa, não mudar de calça, dormindo com a mesma, desde domingo de ramos até sábado de aleluia. No sábado de aleluia, antes do sol nascer, tirar a calça, urinar nela, escondendo-a debaixo do colchão. No dia seguinte, domingo da ressurreição, ir á primeira missa, vestindo essa calça. Na noite de domingo, antes de deitar-se, fazer um embrulho composto das calças, 3 moedas de um valor qualquer, contando que chegue a um cruzeiro, com uma estrela do mar e pedra. Isso tudo coserá, porá dentro de um pequeno saco, em lugar que ninguém veja. Numa noite de lua nova, atirá-la ao mar, pensando no rapaz com quem quer casar, dizendo:

“Fulano, tu ficas amarrado,

E nestas águas do mar molhado,

Até comigo estares casado.”

Se não houver resultado no correr do ano, renovar a mágica com o mesmo ou com outro rapaz rico.

 

MÁGICA DO GATO PRETO – PARA MAGIA NEGRA

Ponhamos na nossa mente que uma pessoa qualquer deseja vingar-se de um inimigo, mas não quer que ele seja sabedor da vingança que lhe arma. Vinga-se facilmente, fazendo da seguinte maneira:

Pega num gato preto que não tenha um só cabelo branco, amarram-se-lhe os pés e as mãos com uma corda de esparto (daquelas com que se fazem sapatos). Depois dessa operação executada, levai-o a uma encruzilhada de monte, e logo que ali chegue, dizei o seguinte:

“Eu fulano (dizer o nome) da parte de deus onipotente, mando ao demónio que me apareça aqui, já, debaixo da santa pena da obediência e preceitos superiores. Eu, pelo poder da mágica negra liberal, mando-te, demónio ou Lúcifer, ou Satanás, ou Barrabás, que te metas no corpo dessa pessoa, a quem eu desejo mal, e que de lá não se retire enquanto eu não mandar, e que me faças tudo aquilo que te propuser durante a minha vida.”

(Aqui diz-se o que se deseja que ele faça á criatura)

“Ó Grande Lúcifer, imperador de tudo o que é infernal, eu te prendo e amarro no corpo de... (fulano)  assim como eu tenho preso este gato: no fim de me fazer tudo aquilo que eu quiser, ofereço-te este gato preto, trago-te aqui, quando tudo estiver pronto”

 

Advertência:

Quando o demonio se desempenhar da obrigação que lhe impuseste, ide ao lugar onde lhe requereste e dizei 2 vezes: “Lucifer, Lucifer, aqui tens o gato que te prometi!”. E ditas tais palavras soltai o gato.

 

Trabalho que se faz com 2 bonecos- amarração

Preparai um boneco e uma boneca, feitos com panos de linho de algodão. Depois de estarem prontos deveis uni-los um ao outro e muito abraçados.

“Eu te prendo e te amarro, em nome de nosso senhor Jesus Cristo, pai, filho e Espírito santo, para que debaixo deste santo poder, não possas comer nem beber, nem estar em parte alguma do mundo sem que estejas na minha companhia (Fulano/a), aqui te prendo e amarro, assim como prenderam nosso senhor Jesus Cristo no madeiro da cruz; e o descanso que tu terás enquanto para mim não virares é como o que têm as almas no fogo do purgatório, penando continuamente pelos pecados deste mundo, e como o que tem o vento no ar, as ondas no mar, sempre em continuo movimento, a maré a subir e a descer, o sol que nasce na serra e que vai pôr-se no mar. Será esse o descanso que eu te dou, enquanto para mim não te virares, com todo o teu coração, corpo, alma e vida; debaixo da santa pena de obediência e preceitos superiores, ficas preso e amarrado a mim como ficam estes dois bonecos amarrados juntos”.

 

Estas palavras devem ser repetidas 9 vezes á hora do meio-dia depois de se rezar a oração das “horas abertas”.

 

ORAÇÃO DAS HORAS ABERTAS

 

Para o meio dia:

 

“Ó Virgem dos Céus Sagrados,

Mãe do nosso redentor,

Que, entre as mulheres tens palma,

Trazei alegria á minha alma,

E vem depor nos meus lábios

Palavras de puro amor.

Em nome do Deus dos mundos,

E também do filho amado.

Onde existe o sumo bem.

Seja para sempre louvado.

Nesta hora bendita.    

Amem.

 

O poder da cabeça de víbora - para o bem e para o mal

 

Arranjai uma cabeça de víbora e, depois de seca, encastoai-a numa bengala, num chapéu de curva ou num bocado de chifre e trazei-a convosco. Assim armados, conseguireis muita coisa tanto para o bem como para o mal.

Por exemplo:

- quereis que algo não dê bom resultado, direis assim: “Víbora, para o mal te chamo...”

- quereis que algo vá para o bem, direis:

”Víbora para o bem reclamo teu poder...”

Para o bom êxito é conveniente que tudo seja dito com o pensamento em Deus, e que mais ninguém saiba do vosso segredo, senão perde toda a magia.