RENDA-SE A UM RETIRO ESPIRITUAL

RENDA-SE A UM RETIRO ESPIRITUAL

RENDA-SE A UM RETIRO ESPIRITUAL

Saiba por que vale a pena investir em um retiro meditativo e, de quebra, confira dicas espertas para aproveitar a experiência da melhor forma – seja em grupo ou sozinho, do jeito que você preferir

 

 Texto • Thiago Perin

  
 

Os retiros oferecem a preciosa oportunidade de fazer um “intensivão” de meditação, com o mínimo de distrações. “Há um alojamento seguro, refeições prontas e programação diária para seguir. Assim, você não tem nada a fazer além daquilo a que se propôs: meditar”, observa o norte-americano Victor Davich em seu livro O melhor guia para a meditação (Editora Pensamento).

Há também quem prefira, em vez de se retirar em grupo, ficar em sua própria casa e se dedicar à meditação estando totalmente a sós com seus botões. Isso exige doses maiores de disciplina e determinação, já que, ao contrário do retiro feito com mais pessoas, não há professores orientando cada passo do caminho. Mesmo assim, pode ser uma experiência bastante positiva.

Sem sair de casa

Passar um final de semana em casa, sozinho, pode render um retiro bastante proveitoso. Ao reservar um tempinho só para você, é possível, mesmo sem deixar a cidade, viver momentos engrandecedores de paz, silêncio e pura meditação. Confira as sugestões para aproveitar ao máximo a experiência.
 
• Escolha uma data e deixe-a marcada na agenda. Assim, você pode ir se planejando de antemão
• Se não mora sozinho, deixe para um período em que ficará só ou hospede-se em algum lugar tranquilo
• Avise todos os conhecidos. A ideia é desligar o telefone e usar o celular só para ligações de emergência
• Esqueça tudo o que conecta você ao mundo externo. Televisão, internet e até jornais ficam para depois
• Eleja um lugar da casa como o seu “cantinho de meditação”. Estabeleça uma rotina disciplinada, com horários para meditar sentado, de manhã e à noite
• Deixe a despensa e a geladeira bem abastecidas, e se alimente com comidas leves, como frutas e sopas
• Use roupas confortáveis. Caso se hospede em algum lugar, leve o mínimo de coisas possível na mala
• Durante o dia, caminhe. Faça tudo com calma e atenção, levando a meditação para todos os momentos do seu dia

 

Retire-se, de verdade

Já se a opção é deixar a agitação da cidade por uns dias e aproveitar um bom retiro em grupo, o bacana é procurar por instituições que promovam esses eventos periodicamente. Entre em contato, converse com os responsáveis e escolha a alternativa mais adequada ao que você espera.
 
Instituto Ciência e Luz
Retiros de quatro dias de silêncio parcial, em hotéis-fazenda do interior de São Paulo. Incluem yoga e atividades ao ar livre.
Tel.: (11) 5083-1515
www.institutocienciaeluz.com.br

Sociedade Taoísta do Brasil
Retiros de quatro dias de silêncio parcial, em Camanducaia (MG). Acontecem apenas no Carnaval e na primavera.
Tel.: (11) 3105-7407 ou (21) 2225-2887
www.taoismo.org.br
 
Instituto de Renascimento São Paulo
Retiros de sete dias de silêncio total, praticando meditação zazen nas proximidades de Camanducaia (MG).
Tel.: (11) 5571-0683
www.renascimento.com.br
 
Templo Busshinji
Retiros de quatro dias de silêncio parcial na sede do templo, no bairro da Liberdade (SP). Ao final de cada dia, os participantes voltam para casa.
Tel.: (11) 3208-4515 e 3208-4345
 
Centro Dhamma Santi
Retiros de dez dias de silêncio total, em Miguel Pereira (RJ). Os participantes aprendem o método Vipassana e meditam cerca de dez horas diárias.
Tel.: (21) 2557-0173
www.portuguese.dhamma.org
 
Nazaré Universidade da Luz
Retiros de três dias de silêncio parcial, em Nazaré Paulista (SP). Incluem práticas de yoga, chi-kung, ritos tibetanos e danças circulares.
Tel.: (11) 4597-1136
www.nazareuniluz.org.br 

O que é uma boa ideia levar...

• Esteira ou almofadinha de meditação – em geral, o local vai disponibilizar esse material, mas não custa nada garantir.
• Meias quentes e pantufas – são alternativas confortáveis para lugares frios, já que nas salas de meditação o costume é tirar os sapatos.
• Lanterna – bem útil quando o retiro é feito em áreas muito arborizadas e envolve atividades externas.
• Bloco de anotações e caneta – tanta meditação pode inspirar você a colocar alguns pensamentos no papel. Então, é bom estar equipado.
 

... e o que vale a pena esquecer em casa!

• Celular – ele pode até ir na mala, mas deve ficar desligado e estar ali só para o caso de uma emergência.
• Livros de ficção – se não quiser abrir mão da leitura, invista em obras de cunho espiritual, para evitar distrair a mente.
• Maquiagem – como o foco estará no lado de dentro, nos pensamentos e emoções, a produção pode ficar para depois.
• Alimentos de fora – os retiros contam com cardápios especialmente preparados. Por isso, lanchinhos individuais não são bem-vindos.

Fonte: Triada.com.br