RETRATOS DAS DEUSAS DA ÍNDIA

RETRATOS DAS DEUSAS DA ÍNDIA

Fontes inesgotáveis de amor e altruísmo, essas mulheres e divindades indianas marcaram (e ainda marcam) a vida de milhões de devotos. Reunimos cinco delas, cuja importância ecoou muito além das fronteiras da Índia

Texto • Thiago Perin
Fonte: Triada.com.br


 

ANANDAMAYI MA: a bela precursora

Nirmala Sundari (em sânscrito, “beleza imaculada”) nasceu em 1896, em Kheora. Na época de sua morte, em 1982, essa camponesa virtualmente iletrada foi reverenciada em todo o mundo como Anandamayi Ma, a “Mãe Impregnada de Alegria”. Ao se autoiniciar, ela marcou época e abriu caminho a todas as mulheres santas que ganhariam reconhecimento depois dela, tornando-se uma das poucas sábias do hinduísmo a alcançarem a iluminação sem a ajuda de um guru. Anandamayi Ma ajudou e inspirou milhões de pessoas na Índia com sua natureza única: incessantemente radiante, totalmente unida ao divino e constantemente sensível às necessidades de todos que a buscavam.

 


 

AMMA: a mãe do mundo

Quando Ammachi (“Querida Mãe”, em sânscrito), ou Amma, aparece em público, milhares de pessoas saem correndo para receber suas bênçãos e seu famosíssimo abraço. Ela é o que os indianos chamam de mahatma, uma grande alma. Para os devotos, essa mulher de 56 anos é a personificação do amor absoluto e incondicional. Ainda hoje, ela segue viajando o mundo, levando acalento a quem busca, acima de tudo, o amor.

 


 

LAKSHMI: a generosa luz

Uma das entidades femininas mais veneradas da Índia, a deusa Lakshmi é a esposa do grande Vishnu, o sustentador do universo. Tida pelos devotos como a personificação da beleza, da fartura e da generosidade, é ela a mulher que ocupa a mais nobre cadeira dentro do riquíssimo panteão hindu.

 


 

ANANDI MA: a ponte universal

Iniciada espiritualmente aos 14 anos pelo renomado guru indiano Dhyanyogi, Anandi Ma é hoje uma das grandes mestras contemporâneas na arte da Kundalini. Desde os anos 80, se divide entre as causas humanitárias da Índia e dos Estados Unidos, fazendo a ponte entre a rica cultura oriental e as necessidades modernas do Ocidente.

 


 

SARASWATI: a deusa dos artistas

Protetora dos poetas, intelectuais, escritores e músicos, Saraswati é a deusa do conhecimento e das artes. Seus nobres filhos, segundo a tradição, são os Vedas, os mais antigos e sagrados textos do hinduísmo.