Zé Pelintra

Zé Pelintra

Seu Zé pelintra o rei da madrugada Vem na linha das almas e também na encruzilhada

Meu amigo Zé pelintra que nasceu lá no sertão

Fez sua Bohemia seresta e violão Hoje na lei de umbanda

acredita no senhor Pois sou seu filho de fé, pois têm famas seu doutor

Com magia e mironga dando forças aos terreiros Sarava seu Zé pelintra um amigo verdadeiro

Salve padre Cícero Salve nossa senhora da aparecida Salve nossa senhora ducarmo

Salve santo Antônio Que são santos de devoção de Zé pelintra Salve toda falange de

Zé pelintra E principalmente de malandro

Esta homenagem foi feita pra todos Com carinho e amor Por que.

Zé pelintra Não é um orixá e um ser encantado Sensível ás tentações da carne

Que nunca deixou seus companheiros na mão Por sentido real da vida Esse é Zé pelintra É

Zé pelintra pernambucano E não levava desaforo para casa Esse é Zé pelintra

Frequentava os gabares da cidade de recife Defendia das prostitutas e o injustiçado

Gosta de música cigarro e bebidas de boas qualidades

Seu nome verdadeiro é José dos santos Conhecido popularmente nos terreiros de umbanda

Como Zé pelintra E Zé pelintra é valentão Mas não que Zé pelintra é um ser mau Por que

Zé pelintra não é um ser mau e nem é exu Zé pelintra é um encantado

E por ordem divina voltou para nos ajudar Ajudar aqueles que têm fé

Que buscam o socorro espiritual E Zé pelintra

Abre muitas áreas as áreas da sorte área do dinheiro

Áreas dos relacionamentos que também logo as pombas-gira

Zé pelintra também trabalham com isso É um encantado salve o mestre Zé pelintra!

A quem eu tenho muita fé Que garanto que muitos e muitos também têm muita fé

Com o perdão de país muito cedo Tomou o rumo para o rio de janeiro em busca de uma vida melhor Foi conhecido como valentão foi daí Pegou o nome de

Zé pelintra quando enfrentaram cinco policiais de uma vez Isso sem nenhum arranhão esse é

Zé pelintra Gigolô de literato tinha mais de cinco mulheres

Das qual obtida dinheiro para sua vida na boemia

Seu investimento é claro um terno engomado chapéu de uarapá lenço no bolso sapatos brilhando I esse e seu Zé pelintra sua morte aos 41 anos

Envenenados pelas suas amantes Que se chamava Zulmira Que tinha um ciúme do enteio do Zé.


Música Corporativa De Zé Pelintra